Henrique Oliveira

NASCIMENTO

1973 – Ourinhos – SP

FORMAÇÃO

Pós-graduação: 2007 – Mestre em Poéticas Visuais – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo.

Graduação: 2004 – Artes plásticas, bacharelado em pintura – Escola de Comunicações e Artes – Universidade de São Paulo.

Henrique Oliveira – Sem Título – Acrílico sobre tela – 150,5 x 190 cm – 2010

BOLSAS, RESIDÊNCIAS, PRÊMIOS, COLEÇÕES

  • 2004 – FAPESP – bolsa de iniciação científica – projeto Matéria e Imagem
  • 2005 – Atelier Amarelo – estúdio residência – São Paulo.
  • 2005 – FAPESP – bolsa de mestrado – projeto Pintura e linguagem pictórica – técnicas e materiais na arte contemporânea brasileira.
  • 2005 – Prêmio Visualidade Nascente – Centro Universitário Maria Antonia.
  • 2006 – Pinacoteca Municipal de São Paulo – obra no acervo.
  • 2006 – Coleção Itaú – obra no acervo.
  • 2006 – Prêmio aquisição – Centro Cultural São Paulo.
  • 2007 – Museu Afro Brasil – obra no acervo.
  • 2007 – 1º Prêmio Festival de Cultura Inglesa – São Paulo.
  • 2008 – Cité Internationale des Arts – estúdio residência – Paris, França.
  • 2009 – Artist Research Fellowship (bolsa de pesquisa) – Smithsonian Institute – Washington DC, EUA.
  • 2009 – Prêmio CNI SESI Marcantônio Vilaça para Artes Plásticas.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

  • 1944 – São Paulo SP – Individual, na Galeria ItáU
  • 1945 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Domus
  • 1946 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Domus
  • 1955 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Tenreiro
  • 1956 – São Paulo SP – Individual, no MAM/SP
  • 1957 – Rio de Janeiro RJ – Alfredo Volpi: retrospectiva, no MAM/RJ
  • 1960 – São Paulo SP – Individual, na Galeria São Luís
  • 1962 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Petite Galerie
  • 1965 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Petite Galerie
  • 1969 – São Paulo SP – Vinte Anos da Pintura de Alfredo Volpi 1948/1968, Galeria Cosme Velho
  • 1970 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Petite Galerie
  • 1971 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Ralph Camargo
  • 1972 – Rio de Janeiro RJ – Alfredo Volpi: alguns trabalhos selecionados 1925-1972, na Galeria Barcinsky
  • 1972 – Rio de Janeiro RJ – Alfredo Volpi: pintura 1914-1972, no MAM/RJ
  • 1975 – São Paulo SP – Alfredo Volpi: retrospectiva, no MAM/SP
  • 1976 – Campinas SP – Volpi: a visão essencial, no MACC
  • 1976 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Cosme Velho
  • 1980 – Brasília DF – Individual, na Galeria Oswaldo Goeldi
  • 1980 – Rio de Janeiro RJ – Têmperas de Alfredo Volpi, na Acervo Galeria de Arte
  • 1980 – São Paulo SP – Volpi – As Pequenas Grandes Obras: três décadas de pintura, na A Ponte Galeria de Arte
  • 1981 – São Paulo SP – A. Volpi: os primeiros anos e a década de 20, na Galeria Cosme Velho
  • 1984 – Brasília DF – Individual, na Oscar Seraphico Galeria de Arte
  • 1985 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Bonino
  • 1985 – São Paulo SP – Volpi 89 anos, na Dan Galeria
  • 1986 – São Paulo SP – Alfredo Volpi: 90 anos. Um registro documental por Calixto, no MAC/USP
  • 1986 – São Paulo SP – Volpi: 90 anos, no MAM/SP
  • 1987 – Rio de Janeiro RJ – A. Volpi: obras de diferentes épocas, na Galeria Contorno

EXPOSIÇÕES COLETIVAS

  • 1925 – São Paulo SP – 2ª Exposição Geral de Belas Artes, no Palácio das Indústrias
  • 1928 – São Paulo SP – Salão de Belas Artes Muse Italiche, no Palácio das Indústrias – medalha de ouro
  • 1933 – Rio de Janeiro RJ – 40ª Exposição Geral de Belas Artes, na Enba – medalha de bronze
  • 1934 – São Paulo SP – 1º Salão Paulista de Belas Artes, na Rua 11 de Agosto
  • 1935 – São Paulo SP – 3º Salão Paulista de Belas Artes, medalha de bronze
  • 1936 – São Paulo SP – 4º Salão Paulista de Belas Artes
  • 1936 – São Paulo SP – Exposição de Pequenos Quadros, no Palácio das Arcadas
  • 1937 – São Paulo SP – 1º Salão da Família Artística Paulista, no Esplanada Hotel de São Paulo
  • 1938 – São Paulo SP – 2º Salão de Maio, no Esplanada Hotel de São Paulo
  • 1938 – São Paulo SP – 4º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos
  • 1939 – São Paulo SP – 2º Salão da Família Artística Paulista, no Automóvel Clube
  • 1939 – São Paulo SP – 3º Salão de Maio, na Galeria Itáu
  • 1939 – São Paulo SP – 5º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia
  • 1940 – Porto Alegre RS – 2º Salão do Instituto de Belas Artes do Rio Grande do Sul
  • 1940 – Rio de Janeiro RJ – 46º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
  • 1940 – Rio de Janeiro RJ – 3º Salão da Família Artística Paulista, no Palace Hotel
  • 1941 – Rio de Janeiro RJ – 47º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
  • 1941 – São Paulo SP – 1º Salão da Osirarte, na Rua Barão de Itapetininga, 124
  • 1941 – São Paulo SP – 6º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia
  • 1941 – São Paulo SP – 1º Salão de Arte da Feira Nacional de Indústrias, no Parque da Água Branca
  • 1942 – Rio de Janeiro RJ – 48º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
  • 1942 – São Paulo SP – 7º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia
  • 1943 – Rio de Janeiro RJ – 49º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
  • 1943 – Rio de Janeiro RJ – Exposição Anti-Eixo, no Museu Histórico e Diplomático – Palácio Itamaraty
  • 1943 – Rio de Janeiro RJ – Exposição de Azulejos da Osirarte, no MNBA
  • 1944 – Belo Horizonte MG – Exposição de Arte Moderna, no Edifício Mariana
  • 1944 – Londres (Inglaterra) – Exhibition of Modern Brazilian Paintings, na Royal Academy of Arts
  • 1944 – Norwich (Inglaterra) – Exhibition of Modern Brazilian Paintings, no Norwich Castle and Museum
  • 1944 – São Paulo SP – 9º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia
  • 1944 – ‘São Paulo SP – Nelson Nóbrega, Alfredo Volpi, Anita Malfatti, Clóvis Graciano, Hilde Weber e Francisco Rebolo, na Galeria Jaraguá
  • 1945 – Bath (Inglaterra) – Exhibition of Modern Brazilian Paintings, no Victiry Art Gallery
  • 1945 – Bristol (Inglaterra) – Exhibition of Modern Brazilian Paintings, no Bristol City Museum & Art Gallery
  • 1945 – Edimburgo (Escócia) – Exhibition of Modern Brazilian Paintings, na National Gallery
  • 1945 – Glasgow (Escócia) – Exhibition of Modern Brazilian Paintings, na Kelingrove Art Gallery
  • 1945 – Manchester (Inglaterra) – Exhibition of Modern Brazilian Paintings, na Manchester Art Gallery
  • 1945 – São Paulo SP – Alfredo Volpi, Bonadei, Carlos Prado, Quirino da Silva, Francisco Rebolo, Mario Zanini e José Pancetti, na Galeria Benedetti
  • 1945 – São Paulo SP – Anita Malfati, Virgínia Artigas, Clóvis Graciano, Mick Carnicelli, Oswald de Andrade Filho, José Pancetti, Carlos Prado, Francisco Rebolo, Quirino da Silva, Alfredo Volpi, Mario Zanini, na Galeria Itapetininga
  • 1945 – São Paulo SP – Galeria Domus: mostra inaugural, na Galeria Domus
  • 1946 – Buenos Aires (Argentina) – Osirarte, no Salón Peuser
  • 1946 – São Paulo SP – 10º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia – Prêmio Mário de Andrade
  • 1946 – São Paulo SP – Osirarte, na Galeria Benedetti
  • 1947 – Mendoza (Argentina) – Osirarte, na Galeria Gimenez
  • 1947 – São Paulo SP – 11º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticas, na Galeria Prestes Maia
  • 1948 – Rio de Janeiro RJ – Pintores Paulistas, no Ministério da Educação e Cultura
  • 1948 – São Paulo SP – 12º Salão dos Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Domus
  • 1948 – São Paulo SP – Mario Zanini, Rebolo, Sérgio Milliet e Volpi, na Galeria Domus
  • 1949 – Rio de Janeiro RJ – Exposição da Pintura Paulista
  • 1949 – Salvador BA – 1º Salão Baiano de Belas Artes, no Hotel Bahia
  • 1950 – São Paulo SP – Alfredo Volpi, Nelson Nóbrega, Zanini, Francisco Rebolo, na Galeria Domus
  • 1950 – Veneza (Itália) – 25ª Bienal de Veneza
  • 1951 – São Paulo SP – 1ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão do Trianon
  • 1951 – São Paulo SP – 1º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
  • 1952 – Rio de Janeiro RJ – Exposição de Artistas Brasileiros, no MAM/RJ
  • 1952 – São Paulo SP – Volpi, Zanini, Rossi, no Centro Cultural Ítalo-Brasileiro
  • 1952 – Veneza (Itália) – 26ª Bienal de Veneza – prêmio aquisição
  • 1953 – São Paulo SP – 2ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão dos Estados – prêmio de melhor pintor nacional, dividido com Di Cavalcanti
  • 1953 – São Paulo SP – Congresso Extraordinário da Associação Internacional de Críticos de Arte, no Masp
  • 1954 – Goiânia GO – Exposição do Congresso Nacional de Intelectuais
  • 1954 – Roma (Itália) – Exposição Brasileira, na Galleria Nazionale d’Arte Moderna
  • 1954 – São Paulo SP – Arte Contemporânea: exposição do acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo, no MAM/SP
  • 1954 – Veneza (Itália) – 27ª Bienal de Veneza
  • 1955 – São Paulo SP – 3ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão das Nações
  • 1955 – São Paulo SP – 4º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia – Prêmio Governador do Estado
  • 1956 – São Paulo SP – 1ª Exposição Nacional de Arte Concreta, no MAM/SP
  • 1956 – São Paulo SP – 50 Anos de Paisagem Brasileira, no MAM/SP
  • 1957 – Rio de Janeiro RJ – 1ª Exposição Nacional de Arte Concreta, no MAM/RJ
  • 1957 – São Paulo SP – 4ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho
  • 1959 – Leverkusen (Alemanha) – Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
  • 1959 – Munique (Alemanha) – Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa, no Kunsthaus
  • 1959 – Nova York (Estados Unidos) – Guggenheim International Award: 1958, no Solomon R. Guggenheim Museum
  • 1959 – Rio de Janeiro RJ – 30 Anos de Arte Brasileira, na Galeria Macunaíma
  • 1959 – Tóquio (Japão) – 5ª Bienal de Tóquio
  • 1959 – Viena (Áustria) – Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
  • 1960 – Hamburgo (Alemanha) – Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
  • 1960 – Lisboa (Portugal) – Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
  • 1960 – Madri (Espanha) – Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
  • 1960 – Paris (França) – Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
  • 1960 – São Paulo SP – Coleção Leirner, na Galeria de Arte das Folhas
  • 1960 – Utrecht (Holanda) – Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
  • 1961 – Rio de Janeiro RJ – 1ª O Rosto e a Obra, na Galeria Ibeu Copacabana
  • 1961 – São Paulo SP – 6ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho
  • 1962 – São Paulo SP – Seleção de Obras de Arte Brasileira da Coleção Ernesto Wolf, no MAM/SP
  • 1963 – Campinas SP – Pintura e Escultura Contemporâneas, no Museu Carlos Gomes
  • 1963 – Rio de Janeiro RJ – A Paisagem como Tema, na Galeria Ibeu Copacabana
  • 1963 – São Paulo SP – Galeria Novas Tendências: coletiva inaugural, na Associação de Artes Visuais Novas Tendências
  • 1963 – Stuttgart (Alemanha) – Mostra, na Galeria do Studium Generale
  • 1964 – Rio de Janeiro RJ – O Nu na Arte Contemporânea, na Galeria Ibeu Copacabana
  • 1964 – Veneza (Itália) – 32ª Bienal de Veneza
  • 1966 – Rio de Janeiro RJ – O Artista e a Máquina, no MAM/RJ
  • 1966 – Salvador BA – 1ª Bienal Nacional de Artes Plásticas – Hors Concours
  • 1966 – São Paulo SP – Meio Século de Arte Nova, no MAC/USP
  • 1966 – São Paulo SP – O Artista e a Máquina, no Masp
  • 1966 – São Paulo SP – O Grupo do Santa Helena, Hoje, na Galeria 4 Planetas
  • 1966 – São Paulo SP – Três Premissas, no MAB/Faap
  • 1967 – São Paulo SP – A Família Artística Paulista: trinta anos depois, no Auditório Itália
  • 1970 – São Paulo SP – 2º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP – prêmio melhor pintor nacional
  • 1971 – Rio de Janeiro RJ – 9º Resumo de Arte JB, no MAM/RJ
  • 1972 – São Paulo SP – 2ª Exposição Internacional de Gravura, no MAM/SP
  • 1972 – São Paulo SP – A Semana de 22: antecendentes e conseqüências, no Masp
  • 1972 – São Paulo SP – Arte/Brasil/Hoje: 50 anos depois, na Galeria da Collection
  • 1972 – São Paulo SP – Grupo Santa Helena: desenhos, na Azulão Galeria
  • 1972 – São Paulo SP – Temática Brasileira, no Paço das Artes
  • 1973 – São Paulo SP – 1ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
  • 1973 – São Paulo SP – 5º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
  • 1973 – São Paulo SP – Oito Pintores do Grupo Santa Helena, na Uirapuru Galeria de Arte
  • 1975 – Rio de Janeiro RJ – 2ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão, no Centro Lume
  • 1975 – São Paulo SP – 2ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão, na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo
  • 1975 – São Paulo SP – 40 Anos: Grupo Santa Helena, no MIS/SP
  • 1975 – São Paulo SP – O Modernismo de 1917 a 1930, no Museu Lasar Segall
  • 1976 – São Paulo SP – 8º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
  • 1976 – São Paulo SP – Os Salões: da Família Artística Paulista, de Maio e do Sindicato dos Artistas Plásticos de São Paulo, no Museu Lasar Segall
  • 1977 – Rio de Janeiro RJ – Projeto Construtivo Brasileiro na Arte: 1950-1962, no MAM/RJ
  • 1977 – São Paulo SP – Grupo Seibi – Grupo do Santa Helena: década 35 a 45, no MAB/Faap
  • 1977 – São Paulo SP – Projeto Construtivo Brasileiro na Arte: 1950-1962, na Pinacoteca do Estado
  • 1978 – enápolis SP – 3º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
  • 1978 – Rio de Janeiro RJ – 3ª Arte Agora: América Latina, geometria sensível, no MAM/RJ
  • 1978 – São Paulo SP – As Bienais e a Abstração: a década de 50, no Museu Lasar Segall
  • 1978 – São Paulo SP – Construtivistas e Figurativos na Coleção Theon Spanudis, no Centro de Artes Porto Seguro
  • 1979 – São Paulo SP – 15ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
  • 1979 – São Paulo SP – 4ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
  • 1979 – São Paulo SP – Coleção Theon Spanudis, no MAC/USP
  • 1979 – São Paulo SP – Desenhos nos Anos 40: homenagem a Sérgio Milliet, na Biblioteca Municipal Mário de Andrade
  • 1979 – São Paulo SP – O Grupo Santa Helena, na Uirapuru Galeria de Arte
  • 1979 – São Paulo SP – Quatro Coloristas, na Christina Faria de Paula Galeria de Arte
  • 1980 – Buenos Aires (Argentina) – Ochenta Años de Arte Brasileño, no Banco Itaú
  • 1980 – Rio de Janeiro RJ – Homenagem a Mário Pedrosa, na Galeria Jean Boghici
  • 1980 – Rio de Janeiro RJ – Milton Dacosta, Volpi, Bruno Giorgi, na Acervo Galeria de Arte
  • 1980 – Santiago (Chile) – 20 Pintores Brasileños, na Academia Chilena de Bellas Artes
  • 1981 – Atami (Japão) – 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
  • 1981 – Brasília DF – 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
  • 1981 – Kioto (Japão) – 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
  • 1981 – Maceió AL – Artistas Brasileiros da Primeira Metade do Século XX, no Instituto Histórico e Geográfico
  • 1981 – Nekai (Japão) – 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
  • 1981 – Rio de Janeiro RJ – Do Moderno ao Contemporâneo: Coleção Gilberto Chateaubriand, no MAM/RJ
  • 1981 – São Paulo SP – 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
  • 1981 – São Paulo SP – Arte Transcendente, no MAM/SP
  • 1981 – São Paulo SP – Artistas Contemporâneos Brasileiros, na Galeria de Arte São Paulo
  • 1981 – São Paulo SP – Rebolo e os Pintores do Santa Helena, na Dan Galeria
  • 1981 – Tóquio (Japão) – 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
  • 1982 – Bauru SP – 80 Anos de Arte Brasileira
  • 1982 – Lisboa (Portugal) – Do Moderno ao Contemporâneo: Coleção Gilberto Chateaubriand, no Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão
  • 1982 – Londres (Inglaterra) – Brasil 60 Anos de Arte Moderna: Coleção Gilberto Chateaubriand, na Barbican Art Gallery
  • 1982 – Marília SP – 80 Anos de Arte Brasileira
  • 1982 – Rio de Janeiro RJ – Futebol: interpretações, na Galeria de Arte Banerj
  • 1982 – Rio de Janeiro RJ – Que Casa é essa da Arte Brasileira
  • 1982 – Salvador BA – A Arte Brasileira da Coleção Odorico Tavares, no Museu Carlos Costa Pinto
  • 1982 – São Paulo SP – 80 Anos de Arte Brasileira, no MAB/Faap
  • 1982 – São Paulo SP – Do Modernismo à Bienal, no MAM/SP
  • 1982 – São Paulo SP – Marinhas e Ribeirinhas, no Museu Lasar Segall
  • 1983 – Belo Horizonte MG – 80 Anos de Arte Brasileira, na Fundação Clóvis Salgado. Palácio das Artes
  • 1983 – Campinas SP – 80 Anos de Arte Brasileira, no MACC
  • 1983 – Curitiba PR – 80 Anos de Arte Brasileira, no MAC/PR
  • 1983 – Ribeirão Preto SP – 80 Anos de Arte Brasileira
  • 1983 – Santo André SP – 80 Anos de Arte Brasileira, na Prefeitura Municipal de Santo André
  • 1984 – Ourinhos SP – Homenagem a Arte da Gravura no Brasil, na Itaugaleria
  • 1984 – Rio de Janeiro RJ – Pintura Brasileira Atuante, no Espaço Petrobras
  • 1984 – São Paulo SP – Coleção Gilberto Chateaubriand: retrato e auto-retrato da arte brasileira, no MAM/SP
  • 1984 – São Paulo SP – Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras, na Fundação Bienal
  • 1985 – Curitiba PR – Quatro Mestres: quatro visões, na Simões de Assis Galeria de Arte
  • 1985 – Rio de Janeiro RJ – 8º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
  • 1985 – Rio de Janeiro RJ – Encontros, na Petite Galerie
  • 1985 – Rio de Janeiro RJ – Obras Raras, na Galeria Ralph Camargo
  • 1985 – São Paulo SP – 100 Obras Itaú, no Masp
  • 1985 – São Paulo SP – Destaques da Arte Contemporânea Brasileira, no MAM/SP
  • 1985 – São Paulo SP – Osirarte: pinturas sobre azulejo e Volpi, Zanini, Hilde Weber e Gerda Brantani, na Pinacoteca do Estado
  • 1986 – Rio de Janeiro RJ – JK e os Anos 50: uma visão da cultura e do cotidiano, na Galeria Investiarte
  • 1986 – Rio de Janeiro RJ – Sete Décadas da Presença Italiana na Arte Brasileira, no Paço Imperial
  • 1986 – São Paulo SP – Retrospectiva 90 Anos
  • 1986 – São Paulo SP – Seis Tempos: 80 anos, na Pinacoteca do Estado
  • 1987 – Paris (França) – Modernidade: arte brasileira do século XX, no Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris
  • 1987 – Rio de Janeiro RJ – Ao Colecionador: homenagem a Gilberto Chateaubriand, na MAM/RJ
  • 1987 – São Paulo SP – 20ª Exposição de Arte Contemporânea, na Chapel Art Show
  • 1987 – São Paulo SP – As Bienais no Acervo do MAC: 1951 a 1985, no MAC/USP
  • 1987 – São Paulo SP – O Ofício da Arte: pintura, no Sesc
  • 1988 – Rio de Janeiro RJ – 2ª Abstração Geométrica, na Funarte. Centro de Artes
  • 1988 – São Paulo SP – Brasiliana: o homem e a terra, na Pinacoteca do Estado
  • 1988 – São Paulo SP – MAC 25 anos: destaques da coleção inicial, no MAC/USP
  • 1988 – São Paulo SP – Modernidade: arte brasileira do século XX, no MAM/SP

EXPOSIÇÕES PÓSTUMAS

  • 1988 – São Paulo SP – Modernidade: arte brasileira do século XX, no MAM/SP
  • 1988 – São Paulo SP – 15 Anos de Exposição de Belas Artes Brasil-Japão, na Fundação Mokiti Okada M.O.A.
  • 1989 – Copenhague (Dinamarca) – Os Ritmos e as Formas: arte brasileira contemporânea, no Museu Charlottenborg
  • 1989 – Fortaleza CE – Arte Brasileira dos Séculos XIX e XX nas Coleções Cearenses: pinturas e desenhos, no Espaço Cultural Unifor
  • 1989 – Rio de Janeiro RJ – Geometria sem Manifesto, no Gabinete de Arte Cleide Wanderley
  • 1990 – São Paulo SP – Coerência – Transformação, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
  • 1992 – Paris (França) – Latin American Artists of the Twentieth Century, no Centre Georges Pompidou
  • 1992 – Poços de Caldas MG – Arte Moderna Brasileira: acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, na Casa de Cultura
  • 1992 – Rio de Janeiro RJ – 1ª A Caminho de Niterói: Coleção João Sattamini, no Paço Imperial
  • 1992 – Rio de Janeiro RJ – Natureza: quatro séculos de arte no Brasil, no CCBB
  • 1992 – São Paulo SP – O Olhar de Sérgio sobre a Arte Brasileira: desenhos e pinturas, na Biblioteca Municipal Mário de Andrade
  • 1992 – São Paulo SP – Primeiro Aniversário da Grifo Galeria de Arte, na Grifo Galeria de Arte
  • 1992 – Sevilha (Espanha) – Latin American Artists of the Twentieth Century, na Estación Plaza de Armas
  • 1992 – Zurique (Suíça) – Brasilien: entdeckung und selbstentdeckung, no Kunsthaus Zürich
  • 1993 – Colônia (Alemanha) – Latin American Artists of the Twentieth Century, no Kunsthalle Cologne
  • 1993 – Nova York (Estados Unidos) – Latin American Artists of the Twentieth Century, no MoMA
  • 1993 – Rio de Janeiro RJ – Brasil, 100 Anos de Arte Moderna, no MNBA
  • 1993 – Rio de Janeiro RJ – Emblemas do Corpo: o nu na arte moderna brasileira, no CCBB
  • 1993 – São Paulo SP – 100 Obras-Primas da Coleção Mário de Andrade: pintura e escultura, no IEB/USP
  • 1993 – São Paulo SP – A Arte Brasileira no Mundo, Uma Trajetória: 24 artistas brasileiros, na Dan Galeria
  • 1993 – São Paulo SP – O Olhar Italiano sobre São Paulo, na Pinacoteca do Estado
  • 1993 – São Paulo SP – Representação: presenças decisivas, no Paço das Artes
  • 1993 – São Paulo SP – Volpi: projetos e estudos, em retrospectiva: as décadas de 40-70, na Pinacoteca do Estado
  • 1994 – São Paulo SP – Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal
  • 1995 – Brasília DF – Coleções de Brasília, no Ministério das Relações Exteriores. Palácio do Itamaraty
  • 1995 – São Paulo SP – O Grupo Santa Helena, no MAM/SP
  • 1996 – Barra Mansa RJ – 12 Nomes da Pintura Brasileira, no Centro Universitário de Barra Mansa
  • 1996 – Niterói RJ – Arte Contemporânea Brasileira na Coleção João Sattamini, no MAC/Niterói
  • 1996 – Osasco SP – Expo FIEO: doação Luiz Ernesto Kawall, no Centro Universitário Fieo
  • 1996 – Rio de Janeiro RJ – O Grupo Santa Helena, no CCBB
  • 1996 – São Paulo SP – Arte Brasileira: 50 anos de história no acervo MAC/USP: 1920-1970, no MAC/USP
  • 1996 – São Paulo SP – Desexp(l)os(ign)ição, na Casa das Rosas
  • 1996 – São Paulo SP – Figura e Paisagem no Acervo do MAM: homenagem a Volpi, no MAM/SP
  • 1996 – São Paulo SP – Guignard/Volpi: centenário de nascimento, no IEB/USP
  • 1996 – São Paulo SP – O Mundo de Mario Schenberg, na Casa das Rosas
  • 1996 – São Paulo SP – Volpi 100 Anos, na Galeria Grossman
  • 1996 – São Paulo SP – Volpi no Acervo do MAC, no MAC/USP
  • 1997 – Brasília DF – Poetas do Espaço e da Cor, no Museu de Arte de Brasília
  • 1997 – Porto Alegre RS – Exposição do Acervo da Caixa, no Conjunto Cultural da Caixa
  • 1997 – Porto Alegre RS – Exposição Paralela, no Museu da Caixa Econômica Federal
  • 1997 – Rio de Janeiro RJ – Poetas do Espaço e da Cor, no MAM/RJ
  • 1997 – São Paulo SP – Apropriações Antropofágicas, no Itaú Cultural
  • 1997 – São Paulo SP – Exposição do Acervo da Caixa, no Conjunto Cultural da Caixa
  • 1997 – São Paulo SP – Grandes Nomes da Pintura Brasileira, na Jo Slaviero Galeria de Arte
  • 1997 – São Paulo SP – Poetas do Espaço e da Cor, no Masp
  • 1998 – Brasília DF – Brasileiro que nem Eu, que nem Quem?, no Ministério das Relações Exteriores
  • 1998 – Curitiba PR – Exposição do Acervo da Caixa, no Conjunto Cultural da Caixa
  • 1998 – Rio de Janeiro RJ – Arte Brasileira no Acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo: doações recentes 1996-1998, no CCBB
  • 1998 – Rio de Janeiro RJ – Exposição do Acervo da Caixa, no Conjunto Cultural da Caixa
  • 1998 – São Paulo SP – 24ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
  • 1998 – São Paulo SP – A Arte de Expor Arte, no MAM/SP
  • 1998 – São Paulo SP – Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, no MAM/SP
  • 1998 – São Paulo SP – Coleção MAM Bahia: pinturas, no MAM/SP
  • 1998 – São Paulo SP – Iconografia Paulistana em Coleções Particulares, no Museu da Casa Brasileira
  • 1998 – São Paulo SP – Impressões: a arte da gravura brasileira, no Espaço Cultural Banespa-Paulista
  • 1998 – São Paulo SP – O Colecionador, no MAM/SP
  • 1998 – São Paulo SP – O Moderno e o Contemporâneo na Arte Brasileira: Coleção Gilberto Chateaubriand – MAM/RJ, no Masp
  • 1998 – São Paulo SP – Teoria dos Valores, no MAM/SP
  • 1999 – Niterói RJ – Mostra Rio Gravura: Acervo Banerj, no Museu do Ingá
  • 1999 – Rio de Janeiro RJ – Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, no MAM/RJ
  • 1999 – Rio de Janeiro RJ – Volpi e Sued, na Galeria de Arte Ipanema
  • 1999 – Salvador BA – 60 Anos de Arte Brasileira, no Espaço Cultural da Caixa Econômica Federal
  • 1999 – São Paulo SP – 26º Panorama de Arte Brasileira, no MAM/SP
  • 1999 – São Paulo SP – A Figura Feminina no Acervo do MAB, no MAB/Faap
  • 1999 – São Paulo SP – Arte Brasileira, Século XX: diálogos com Dufy, no MAM/SP
  • 1999 – São Paulo SP – Brasileiro que nem Eu, que nem Quem?, no MAB/Faap
  • 1999 – São Paulo SP – Cotidiano/Arte. O Consumo, no Itaú Cultural
  • 1999 – São Paulo SP – O Brasil no Século da Arte, na Galeria de Arte do Sesi
  • 1999 – São Paulo SP – Os Ítalos e os Brasileiros na Arte do Entre Guerras, na Pinacoteca do Estado
  • 1999 – São Paulo SP – Volpi: obras selecionadas, décadas de 40/50/60/70/80, no Escritório de Arte Sylvio Nery da Fonseca
  • 2000 – Belo Horizonte MG – Ars Brasilis, no Minas Tênis Clube. Galeria de Arte
  • 2000 – Brasília DF – Exposição Brasil Europa: encontros no século XX, no Conjunto Cultural da Caixa
  • 2000 – Fortaleza CE – 26º Panorama de Arte Brasileira, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
  • 2000 – Lisboa (Portugal) – Século 20: arte do Brasil, no Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão
  • 2000 – Niterói RJ – 26º Panorama de Arte Brasileira, no MAC/Niterói
  • 2000 – São Paulo – A Figura Feminina no Acervo do MAB, no MAB/Faap
  • 2000 – São Paulo SP – 7º Salão de Arte e Antiguidades, na Galeria A Hebraica
  • 2000 – São Paulo SP – Brasil + 500 Mostra do Redescobrimento, na Fundação Bienal
  • 2000 – São Paulo SP – Brasil Sobre Papel: matizes e vivências, no Espaço de Artes Unicid
  • 2000 – São Paulo SP – Grupo Santa Helena, na Jo Slaviero Galeria de Arte
  • 2000 – São Paulo SP – Os Anjos Estão de Volta, na Pinacoteca do Estado
  • 2000 – Valência (Espanha) – De la Antropofagia a Brasilía: Brasil 1920-1950, no IVAM. Centre Julio Gonzáles
  • 2001 – Nova York (Estados Unidos) – Brazil: body and soul, no Solomon R. Guggenheim Museum
  • 2001 – Porto Alegre RS – Coleção Liba e Rubem Knijnik: arte brasileira contemporânea, no Margs
  • 2001 – Rio de Janeiro RJ – Acervo da Arte Carioca, na Galeria de Arte Ipanema
  • 2001 – São Paulo SP – 4 Décadas, na Nova André Galeria
  • 2001 – São Paulo SP – A Cor na Arte Brasileira, no MAM/SP
  • 2001 – São Paulo SP – Coleção Aldo Franco, na Pinacoteca do Estado
  • 2001 – São Paulo SP – Museu de Arte Brasileira: 40 anos, no MAB/Faap
  • 2001 – São Paulo SP – Trajetória da Luz na Arte Brasileira, no Itaú Cultural
  • 2001 – Uberlândia MG – Gravuras Brasileiras do Acervo do MUnA: anos 60, 70, e 80, no Museu Universitário de Arte
  • 2002 – Brasília DF – JK – Uma Aventura Estética, no Conjunto Cultural da Caixa
  • 2002 – Porto Alegre RS – Desenhos, Gravuras, Esculturas e Aquarelas, na Garagem de Arte
  • 2002 – Rio de Janeiro RJ – Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB
  • 2002 – Rio de Janeiro RJ – Caminhos do Contemporâneo 1952-2002, no Paço Imperial
  • 2002 – Rio de Janeiro RJ – Paralelos: arte brasileira da segunda metade do século XX em contexto, Collección Cisneros, no MAM/RJ
  • 2002 – São Paulo SP – 28 (+) Pintura, no Espaço Virgílio
  • 2002 – São Paulo SP – Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB
  • 200 – São Paulo SP – Arte e Política, no MAM/SP
  • 2002 – São Paulo SP – Da Antropofagia a Brasília: Brasil 1920-1950, no MAB/Faap
  • 2002 – São Paulo SP – Espelho Selvagem: arte moderna no Brasil da primeira metade do século XX, Coleção Nemirovsky, no MAM/SP
  • 2002 – São Paulo SP – Geométricos e Cinéticos, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
  • 2002 – São Paulo SP – Modernismo: da Semana de 22 à seção de arte de Sérgio Milliet, no CCSP
  • 2002 – São Paulo SP – Operários na Paulista: MAC-USP e os artistas artesãos, na Galeria de Arte do Sesi
  • 2002 – São Paulo SP – Paralelos: arte brasileira da segunda metade do século XX em contexto, Colección Cisneros, no MAM/SP
  • 2003 – Belém PA – 22º Salão Arte Pará, no Museu de Arte do Pará
  • 2003 – Brasília DF – Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB
  • 2003 – Buenos Aires (Argentina) – Geo-Metrias: abastracción geométrica latinoamericana en la Colección Cisneros, no Malba
  • 2003 – Cidade do México (México) – Cuasi Corpus: arte concreto y neoconcreto de Brasil: una selección del acervo del Museo de Arte Moderna de São Paulo y la Colección Adolpho Leirner, no Museo Rufino Tamayo
  • 2003 – Rio de Janeiro RJ – Ordem x Liberdade, no MAM/RJ
  • 2003 – Rio de Janeiro RJ – Tesouros da Caixa: arte moderna brasileira no acervo da Caixa, no Conjunto Cultural da Caixa
  • 2003 – São Paulo SP – A Arte Atrás da Arte: onde ficam e como viajam as obras de arte, no MAM/SP
  • 2003 – São Paulo SP – Arte e Sociedade: uma relação polêmica, no Itaú Cultural
  • 2003 – São Paulo SP – MAC USP 40 Anos: interfaces contemporâneas, no MAC/USP
  • 2003 – São Paulo SP – Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira, no Instituto Tomie Ohtake
  • 2003 – São Paulo SP – Um Só Coração, no MAM/SP
  • 2003 – Rio de Janeiro – Volpi Retrospectiva – Galeria de Arte Ipanema
  • 2004 – Rio de Janeiro RJ – Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira, no MNBA
  • 2004 – São Paulo SP – Gabinete de Papel, no CCSP
  • 2004 – São Paulo SP – Mestres do Modernismo, na Estação Pinacoteca
  • 2005 – Rio de Janeiro RJ – Soto: a construção da imaterialidade, no CCBB
  • 2006 – São Paulo – SP – Volpi – A Música da cor – MAM SP
  • 2006 – Aracaju – SE – “Alfredo Volpi: Múltiplas Faces” – Mostra Itinerante – Galeria de Arte do Sesc – Centro – 17 de Novembro a 15 de dezembro.
  • 2007 – Buenos Aires – Argentina – Museu de Arte Latino-americana de Buenos Aires (Malba)
  • 2007 – Curitiba – PR – Museu Oscar Niemeyer – “Volpi — O mestre de sua época” – 28 de Junho a 30 de Setembro. (Individual)
  • 2007 – São Paulo – SP – MASP – “Arte e Ousadia – o Brasil na Coleção Sattamini” – 29 de agosto a 28 de outubro. (Coletiva)
  • 2007 – Joinville – SC – Museu de Arte de Joinville – “Alfredo Volpi: Múltiplas Faces”
  • 2008 – São Paulo – SP – IAC – Instituto de Arte Contemporânea – “Absorção e Intimismo em Volpi” – 15 de outubro de 2008 a 25 de janeiro de 2009.
  • 2009 – Teresina – PI – Galeria da Casa de Cultura / SESC – “Alfredo Volpi: Múltiplas Faces” – Mostra Itinerante – 13 a 30 de Abril.
  • 2009 – Rio de Janeiro – RJ – Instituto Moreira Salles (IMS) – “Volpi: dimensões da cor” – 28 de abril a 05 de julho de 2009.